Portal de apoio a comunidade

COOPPROJIRAU

 
Nova-Logo-COOPP
 
A constituição da Cooperativa de Produtores Rurais do Observatório Ambiental Jirau (COOPPROJIRAU) ocorreu por meio de um processo de debates entre produtores rurais e equipe técnica do Observatório Ambiental Jirau, o que resultou na realização de uma assembleia para aprovação do estatuto no dia 25 de setembro de 2010, onde vinte e sete cooperados fundadores, moradores de Jaci Paraná, Mutum Paraná e dos Ramais 31 de Março, Brito, Caldeirão, Cical e Arrependido, participaram desta etapa.
 
Atualmente, a COOPPROJIRAU conta com um total de cento e setenta e quatro cooperados.
 
Principais conquistas da COOPPROJIRAU
 

Linha do Tempo da COOPPROJIRAU

Linha do Tempo da COOPPROJIRAU (Clique para ampliar)


 
Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades localizadas na área de influência da UHE Jirau, a COOPPROJIRAU desenvolve projetos de geração de renda, capacitações e assistência técnica, além da organização da produção agropecuária para comercialização. Conheça os projetos em desenvolvimento:
 
Organização e Comercialização da Produção Agropecuária
 
Para o desenvolvimento deste projeto, a COOPPROJIRAU orienta os produtores familiares quanto à melhoria da qualidade e apresentação dos produtos, além do planejamento otimizado de diversos cultivos.
 
A comercialização de produtos como queijo, ovos, macaxeira, frutas, entre outros, é realizada aos finais de semana na Feira Livre de Nova Mutum Paraná, localizada na Av. Rio Madeira.
 
Produção de Mudas e Plantio
 
O objetivo deste projeto é contribuir com ações de sensibilização sobre o valor ambiental, social e econômico das matas nativas tendo como multiplicador a população local e, também, estimular a geração de renda.
 
Inicialmente, os produtores coletavam as sementes nas matas para comercialização com a empresa Energia Sustentável do Brasil S.A. (ESBR), que produzia as mudas em seu viveiro. Posteriormente, a empresa fez uma parceria com a COOPPROJIRAU, envolvendo todo o ciclo, desde a coleta de sementes, produção das mudas e plantio em áreas previamente estudadas para recuperação. Para tanto, os produtores recebem capacitações para toda a cadeia produtiva, para o controle de qualidade, plantio e manutenção das mudas plantadas.
 
Além da comercialização, esse projeto prevê o desenvolvimento de reflorestamento nas comunidades, visando a recuperação de áreas degradas, proteção de nascentes e matas ciliares.
 
Grupo de Extrativistas de Açaí
 
Em agosto de 2013, foi firmada a parceria entre a COOPPROJIRAU e o grupo de extrativistas de açaí, público-alvo do Subprograma de Fomento à Tecnologia de Extração de Produtos Florestais, no âmbito do Programa de Compensação Social, visando o fortalecimento da cadeia produtiva do açaí na região do entorno da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau.
 
Nesta parceria foram plantados duzentos e oitenta hectares de açaí, sendo dez hectares consorciados com banana no Ramal Cical, dez hectares consorciados com banana no Ramal Rio Madeira e oito hectares de açaí solteiro no Ramal Cical. Toda produção de açaí dessas áreas e, também, de parte da produção de outras áreas como de Lábrea - AM e da Floresta Nacional do Jamari, localizada no município de Itapuã do Oeste -RO, serão enviadas para Agroindústria de polpa de frutas da COOPPROJIRAU.
 
Agroindústria de Açaí
 
A Agroindústria de Polpa de Frutas da COOPPROJIRAU tem como linha principal a produção de polpa de açaí. Está localizada na Linha 105 e foi construída em interface com o Subprograma de Fomento à Tecnologia de Extração de Produtos Naturais, para atender ao grupo de extrativistas de açaí e demais cooperados. A agroindústria encontra-se em processo de Licenciamento Ambiental e registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimentos (MAPA) e com previsão de funcionamento para o segundo semestre de 2017.
 
Projeto Sistemas Agroflorestais (SAFs)
 
O Projeto SAFs teve início em junho de 2015 em parceria com a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e de Extensão Rural do estado de Rondônia (EMATER), visando a produção de açaí, cupuaçu e demais frutíferas por meio da Agricultura Familiar. Atualmente 34 cooperados estão inseridos no projeto. Os próprios produtores são responsáveis por toda cadeias de produção, desde a colheita das sementes, produção, plantio e manutenção das mudas, até a comercialização das frutas.
 
Projeto de Transferência de Tecnologia
 
A COOPPROJIRAU e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) firmaram parceria por intermédio da ESBR em junho de 2014 para execução de ações no âmbito da disseminação de conhecimento mediante a transferência de tecnologia específica, com o objetivo de orientar e capacitar os cooperados para melhoria da produção de leite. O trabalho da EMBRAPA consiste em prestar orientações técnicas para recuperação de pastagens, manejo, melhoramento genético e seleção de animais com alto nível de produção e o da COOPPROJIRAU consiste no acompanhamento da implantação dos projetos.
 
Com a implantação do manejo, sistema rotacionado e intermitente e formação de capineira, os cooperados, integrantes do projeto, aumentaram consideravelmente a produção de leite, com a possibilidade de criar um maior número de gado em uma área menor de pastagem, passando de um para dois animais e meio por hectare.
 
Para saber mais sobre a COOPPROJIRAU e seus projetos, entre em contato:
 
sac@coopprojirau.com.br
 
Telefone: (69)99924 9064

  • Árvore é vida, respire essa ideia!
  • Comunidade em Foco – Começar de novo
  • Alimentação Irregular
  • Relato de uma jovem cientista
  • A CRENÇA DITA! SORTE OU AZAR?
  • Coluna Cultural | Ballet