A Comunidade a favor de outras vidas

Por Ana Clara Dantas

Ação do bem!

No dia 15 de dezembro, no Centro de Ciências e Tecnologia, em Nova Mutum Paraná, os moradores da região se reuniram para praticar o bem por meio da participação na coleta de sangue para testes de compatibilidade de Medula Óssea.

A princípio, o evento tinha como objetivo encontrar um doador compatível com a pequena Nathálie Hargesheimer Marques, de sete anos, que sofre de Anemia Aplástica Grave. As amostras de sangue, coletadas pela  FHEMERON de Porto Velho podem ajudar, também, outras pessoas que precisam de doação de Medula.

A Anemia Aplástica é um tipo de doença autoimune e idiopática, ou seja, sem causa definida, que faz com que a medula óssea deixe de produzir a quantidade adequada de sangue. O tratamento consiste em transfusões sanguíneas e transplante de medula óssea.

Todos se comoveram com a história de Nathalie que é moradora de Nova Mutum Paraná. Paulo Cesar de Albuquerque, 56 anos, conta porque resolveu participar desta linda ação: “Eu acho importante, independentemente de conhecer o casal (Pais da Nathálie), eu acho importante porque isso vai servir para sempre. Uma pessoa que precisar eu vou estar lá para ajudar”.

A mãe, o padrasto e irmãs de Nathálie estavam na ação e muito emocionada, a mãe, Meirielly Hargesheimer dos Santos, agradece a todos: “Eu agradeço do coração e peço que Deus retribua em dobro. Que possa continuar não só para a minha filha, mas para todos que estão precisando. É de suma importância!”.

Sabemos quem é a Nathálie, mas existem outras pessoas como ela que não conhecemos que precisam de ajuda. Doe, é rápido e você pode prolongar a vida de uma pessoa que quer viver. Ajudar o próximo é essencial para propagar o amor pelo mundo.