Portal de apoio a comunidade

A importância da água

9 de julho de 2018

Por Amanda Vitória

 

Enquanto o poço não seca, não sabemos dar valor à água”, frase de Thomas Fuller, religioso e pensador inglês.

Você já deve ter ouvido falar na crise do abastecimento de água, que teve seu auge em 2014 nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. A escassez de água não é uma questão exclusiva de quem mora em regiões desérticas, é um problema que está afetando cada vez mais as cidades do nosso país.

A água é um dos recursos essenciais para a sobrevivência da vida no planeta, pois é fundamental para os ciclos naturais e ainda, é essencial para a produção de alimentos.

A superfície terrestre é formada aproximadamente de 70% de água. Grande parte, cerca de 97%, é salgada, vinda dos mares e oceanos, restando apenas 3% de água doce, proveniente dos rios, e dessa porcentagem apenas 0,01% é considerada apropriada para consumo.

Embora seja importante ter conhecimento sobre as porcentagens, é urgente refletir a respeito de como seria a sobrevivência dos humanos sem água para produzir alimentos, beber, cozinhar e tomar banho, dentre outras necessidades.

A água faz parte do nosso dia a dia, sendo elemento essencial para todos os seres vivos do planeta, pois colabora com a manutenção da biodiversidade. De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), a cada 20 anos o consumo mundial de água duplica e isso pode gerar uma enorme crise de abastecimento, que atingirá cerca de 2,8 bilhões de pessoas a partir de 2025.

Pensando em preservar esse recurso e conscientizar os indivíduos sobre a melhor forma de utilizar a àgua, o Observatório Ambiental Jirau, anualmente, no Dia Mundial da Água, realiza ações em parceria com empresas e com a comunidade de Nova Mutum Paraná e região. Neste ano, 2018, ocorreram atividades em conjunto com o Programa de Monitoramento Hidrobiogeoquímico da Energia Sustentável do Brasil (ESBR) e foram realizadas palestras nas escolas, com foco nas questões relacionadas ao mercúrio e seu ciclo no ambiente, proporcionando aos alunos informações para a compreensão que esse metal é natural e abundante da região amazônica.

Além das palestras, os alunos e a comunidade de Nova Mutum Paraná participaram de oficinas que ensinaram como  fazer um mini terrário, que simula um microambiente em equilíbrio, com funcionamento sustentável, e que também possibilita a observação do ciclo da água e do carbono no dia a dia.

Provavelmente, salvar o mundo da escassez de água não esteja ao seu alcance, mas o pouco que você fizer será a diferença: ao escovar os dentes desligue a torneira, ao se ensaboar no banho não deixe o chuveiro ligado e assim por diante. Pequenos gestos são responsáveis por grandes conquistas no nosso cotidiano, seja consciente. O meio ambiente agradece!