Portal de apoio a comunidade

A tecnologia em prol da educação

18 de setembro de 2017

Por Ana Luísa Calmon

Tecnologia-SITE

A tecnologia não serve apenas para o entretenimento, ela vem auxiliando e facilitando a aprendizagem de forma evidente, tornando as aulas mais atraentes e inovadoras, despertando curiosidade e novas descobertas.

Antigamente, o estudo baseava-se no aprendizado com a orientação de professores ou livros e um número considerável de pessoas sequer tinha acesso a educação. Hoje em dia, a Internet é a principal fonte de pesquisa e oferece um conteúdo vasto que pode enriquecer o aprendizado além de proporcionar as pessoas a oportunidade de estudar fora do horário letivo. A estudante Amanda Pessoa, de 17 anos, moradora de Nova Mutum Paraná, usa a internet como fonte de pesquisa desde o ensino fundamental e ressalta os benefícios de estudar pela web: “Eu crio meus horários, assim posso estudar no horário que me sinto mais à vontade e acho melhor estudar pela internet, porque consigo me concentrar sem ter aquele monte de gente falando ao mesmo tempo”.

Nas escolas, as salas de aula contam com lousas interativas, tablets, computadores, entre outros, e as discussões sobre os assuntos podem ocorrer virtualmente e envolver, além da classe, os professores. Atualmente é muito mais simples ser autodidata, aprender novos idiomas e conteúdos, gravar dicas e temas importantes das aulas através de smartphones, fazer provas, simulados e cursinhos pela web e assistir vídeo aulas. Este ano comecei a usar mais a internet como fonte de pesquisa, pois pretendo ingressar em uma universidade federal. E como ir todos os dias para Porto Velho é cansativo, optei por fazer um curso preparatório online. É muito importante ter um professor ao seu dispor quando você precisa, principalmente, nas matérias que tenho mais dificuldade, mas quando estou assistindo vídeo aulas posso voltar diversas vezes, assim, um professor não faz tanta falta”.

A tecnologia, porém, como qualquer outra ferramenta, deve ser utilizada com cautela, pois certos sites podem ser veiculados por qualquer usuário, permitindo, assim, a introdução de informações incorretas que devem ser conferidas. “Eu sempre pesquiso em sites confiáveis e fico atenta às fontes usadas, pois alguns disponibilizam informações erradas e isso pode prejudicar meu desempenho. Sempre converso com meus amigos que também estudam sozinhos, e trocamos informações sobre sites para estudar, eles me indicam alguns e eu faço o mesmo”, explicou Amanda sobre os cuidados em checar as informações.

Seja para passar em um vestibular importante ou até mesmo para aprofundar seus conhecimentos, a internet vem sendo uma fonte de estudos indispensável, pois nela encontramos tudo que precisamos sem sair do conforto de nossa casa, podendo assim unir a praticidade e utilidade.