Portal de apoio a comunidade

Vaidade Masculina

20 de dezembro de 2016

Por Isabelle Cordova

Frequentar salões de beleza, fazer procedimentos estéticos, “andar na moda”, buscando tendências, e investir em produtos e acessórios bem elaborados, não são mais hábitos exclusivamente femininos.

O homem do século XXI está cada vez mais preocupado com o cuidado pessoal. Segundo a empresa de pesquisas Euromonitor International, shampoos, os sabonetes, produtos de barbear e cremes movimentaram cerca de US$ 5 bilhões em 2015 e este ramo só tende a crescer. Reforçando esta tendência, Mirian Lima, vendedora de cosméticos e moradora de Nova Mutum Paraná, relatou: “Trabalho com cosméticos em geral e cada vez mais cresce o número de homens em busca de produtos específicos para eles”.

A mudança de comportamento dos homens em relação aos cuidados com o corpo surpreende a todos e fez com que o termo “metrossexual” virasse moda. E você sabe o que é um metrossexual? Metrossexual é uma junção das palavras “metropolitano” e “sexual”, cujo significado se refere a um homem urbano que se preocupa em cuidar da aparência.

A rotina para o homem vaidoso é igual à das mulheres: “Mês em mês faço selagem. Corto meu cabelo toda semana e já aproveito para fazer as sobrancelhas. Faço hidratação sempre, procuro usar hidratante para o corpo, mãos, pés, uso protetor solar e faço limpeza de pele também”, relatou Marcelo Ferreira de Oliveira, 18 anos, consultor de vendas e morador de Porto Velho- RO.

Além das academias, lugar em que os homens procuram conquistar o corpo perfeito, a Associação Brasileira de Clínicas e SPAs afirma que o homem já é responsável por mais de 30% do movimento nestes estabelecimentos comerciais que dispõem de um local elegante e com estrutura específica para oferecer aos clientes tratamentos de saúde, beleza e bem-estar.

A vaidade, que antes se limitava a um corte de cabelo, ou uma gravata nova, vem tomando espaço e se tornando mais comum para os homens, que estão mais atentos às tendências e mantendo o cuidado com a aparência. Por incrível que pareça, esta mudança de comportamento pode ter como consequência o preconceito como citou Marcelo Ferreira em entrevista: “Ainda existe muito preconceito com relação a isso, muitas vezes o homem é machista demais e pode ter atitudes preconceituosas e comparar metrossexuais com homossexuais. Contudo, não costumo me importar, cuido da minha aparência, porque gosto, e, além disso, as mulheres também preferem homens que cuidam da aparência assim como elas”.