Programa de Assistência Técnica e Social

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Por: Mabline Martiniano

Foto:Andressa Rocha

Beneficiados Rurais

O Subprograma de Assistência Técnica e Social (ATS) às Famílias Remanejadas da Área Urbana e Rural é uma ação do Programa de
Remanejamento das Populações Atingidas que tem como objetivo beneficiar famílias que se deslocaram de suas antigas moradias, em Mutum-Paraná e redondezas, para novas localidades em decorrência da construção da UHE Jirau.

Cada família remanejada da área rural recebeu uma área em torno de 75 hectares, sendo aproximadamente 15 hectares disponíveis para a agricultura e pecuária e aproximadamente 60 hectares de reserva.

Está em implantação na área rural o cultivo emergencial de um hectare por propriedade. E para tanto, a Energia Sustentável do Brasil (ESBR) está disponibilizando insumos como calcário, sementes, mudas (macaxeira e mandioca) e adubos, além da preparação da terra com maquinários, deixando a área pronta para o cultivo.

O Sr. Raimundo Luis da Silva, antigo morador de Mutum-Paraná, é um dos beneficiados rurais que tinha um sitio perto do Rio Madeira, onde cultivava plantas como acerola, graviola, banana, caju, açaí, entre outros. Hoje o agricultor já está em sua nova moradia recomeçando o plantio.

O Subprograma tem duração aproximada de três anos e disponibiliza assistência social às famílias remanejadas para que as mesmas possam desenvolver seus projetos nas respectivas propriedades. A empresa contratada para a implantação do subprograma é a ECSA – Engenharia Sócio Ambiental.

Na área urbana, o programa busca parcerias com entidades locais e conta com o interesse e participação da população de Nova Mutum-Paraná para o levantamento de idéias de projetos e debate sobre a viabilidade da implantação dos mesmos, conforme concluiu o Sr. Sebastião Godoy Junior.